O mundo do trabalho está mudando e as novas tecnologias estão transformando a forma como as empresas contratam, treinam e gerenciam seus funcionários.

Com o desdobramento da Covid, um número cada vez maior de pessoas está trabalhando remotamente e muitas continuarão a trabalhar nesse formato após a pandemia. Isso alterou fundamentalmente a forma como o trabalho é feito; não apenas pelos funcionários das empresas, mas por profissionais de recursos humanos. 

a tecnologia nos processos de RH
Essa mudança social, combinada com o surgimento contínuo de novas tecnologias digitais, significa que o campo dos recursos humanos está em meio a uma evolução radical.

O auxílio da tecnologia da contratação virtual

Uma maneira essencial pela qual a tecnologia está mudando as práticas de recursos humanos é encontrar, entrevistar e selecionar funcionários. As empresas estão focadas em identificar os funcionários certos para os cargos, mesmo quando tentam economizar tempo e dinheiro no processo.

Depois de perceber a conveniência, além da economia de custo e tempo, muitas organizações planejam continuar seu processo de contratação virtual além da quarentena.

Muitas vezes, o processo de contratação virtual pode ser ainda mais personalizado do que o tradicional.

As empresas começaram a usar tecnologia para melhorar a personalização de seu processo de contratação, seja por meio de comunicação mais frequente e oportuna com os candidatos, incorporando explicações em vídeo das posições pelos funcionários atuais e até mesmo entrevistas por vídeo chamada.

Tanto as empresas quanto os funcionários em potencial estão usando recursos digitais para aprenderem uns sobre os outros, com o objetivo de encontrar o ajuste certo.

A Covid colocou tudo online, então as entrevistas por vídeo chamadas agora são padrão. Os currículos em vídeo estão aumentando, pois os empregadores desejam conhecer a personalidade de seus candidatos.

Os candidatos a emprego também se preocupam cada vez mais com a cultura e o estilo de vida da empresa que oferta a vaga. Eles estão dando cada vez menos importância ao potencial de ganhos e mais ao equilíbrio de vida e satisfação no trabalho.

Mudanças nas práticas de gestão

Além das mudanças no processo de recrutamento e contratação, a tecnologia está mudando a forma como as empresas gerenciam seus funcionários.

Embora o futuro do trabalho possa ser incerto, o que está claro é a necessidade de colocar as pessoas e principalmente o seu desenvolvimento no centro dos negócios. Assim os dois lados da balança ganham.

No último ano, a transformação digital e o ritmo das mudanças aceleraram. O aprendizado é o capacitador estratégico não apenas para impulsionar a transformação dos negócios, mas também para criar uma cultura de resiliência.

Tudo, do treinamento ao coaching, está mudando junto com as novas tecnologias e plataformas.

Empresas

Do ponto de vista tecnológico, as organizações precisam de plataformas de aprendizagem modernas que unifiquem o conteúdo de aprendizagem em um só lugar e criem caminhos claros para os funcionários promoverem seu crescimento pessoal e profissional.

Funcionários

Os funcionários precisam ser capazes de acessar o aprendizado de forma rápida e fácil, colaborar efetivamente com os outros e compartilhar conhecimento a qualquer hora, em qualquer lugar e em todos os diferentes sistemas de trabalho.

Desenvolvimento geral

Alcançar isso requer caminhos de aprendizagem personalizados com recomendações relevantes baseadas no contexto e deve ficar claro como os cursos, treinamentos e outros conteúdos de aprendizagem contribuem para o desenvolvimento do próprio funcionário e os objetivos da organização em geral.

Incutir uma cultura de aprendizagem vai muito além de plataformas de cursos e desenvolvimento. Exige uma mudança em como pensamos sobre o trabalho. Há muito tempo nos concentramos no que as pessoas podem ou precisam fazer como treinamentos de conformidade.

Agora, precisamos pensar sobre o que as pessoas querem fazer. As carreiras não são mais lineares ou estáticas. Em vez disso, as pessoas terão que aprender novas habilidades e mudar de carreira para acompanhar o ritmo das mudanças e reinventar setores inteiros.

As empresas que podem capacitar os funcionários com o aprendizado ao longo de sua jornada de carreira individual não só impulsionarão o engajamento e o entusiasmo, mas estabelecerão a base para um futuro de trabalho mais produtivo, inclusivo, ágil e colaborativo.

A tecnologia do futuro no mercado de trabalho

As mudanças tecnológicas estão alterando muitos aspectos diferentes dos recursos humanos, uma vez que as práticas de contratação, treinamento e gestão de funcionários se cruzam em vários níveis.

As pessoas estão procurando maneiras mais rápidas, precisas e humanas de gerar resultados reais em seu desenvolvimento.

A busca por serviços individuais de coaching, treinamento e a análise de desempenho estão se tornando mais populares.

Percebemos que as pessoas precisam da capacidade de personalizar e ajustar sua própria instância em tempo real e que estão muito ansiosas para trazer várias soluções em um único fluxo de trabalho simplificado.

À medida que a tecnologia evolui, o mundo do trabalho também evolui, e é provável que ambos continuem mudando significativamente nos próximos anos.

Em suma, as tecnologias de RH estarão mais focadas em permitir o sucesso dos funcionários e da empresa, ouvindo as necessidades dos colaboradores e aproveitando os dados e o aprendizado deles para personalizar um novo perfil de profissional mais alinhado com suas próprias facilidades.