Para quem se interessa por tecnologia, sabe a importância de acompanhar as novidades e o destino dos investimentos das grandes empresas no setor. Metaverso, a sociedade que abandonará a realidade por definitivo.

É apenas uma impressão equivocada de que a tecnologia está estagnada em algum ponto entre o Facebook, o Whatsapp ou o Google. Existe uma nova corrida em curso para o lançamento de novidades no setor de tecnologia, baseado em processamento de imagens em tempo real, o Metaverso é a aposta para um futuro próximo, que inicia o seu rápido desenvolvimento.

Metaverso conheca o futuro da internet

Metaverso: Quando a realidade será assunto do passado

Estamos no ano de 2031, daqui a uma década, imagine o cenário de pessoas abandonando seus preciosos smartphones em casa, como se peça de museu fossem, a rede de dados 5G já estará disponível em todos os lugares, dispositivos se comunicando conosco por comando de voz, como se pessoas fossem, entendendo tudo que lhe são ditos, conversando e ajudando a todos.

Metaverso é ainda mais, é um espaço virtual que ocupará boa parte do tempo de vida das pessoas, um óculos de realidade virtual, que sobrepõe imagens reais com imagens criadas por computador, um ação de abandono completo da realidade.

Utilizado em tempo integral, os óculos de realidade virtual, serão símbolo de status social e integração ao mundo do trabalho, ampliando as capacidades humanas em um grau jamais imaginado, imagine a seguinte situação, um tutorial em tempo real, sendo apresentado em frente a seus olhos, de como acionar um helicóptero. Mesmo que você jamais tivesse uma aula sequer com um instrutor de voo, com o auxílio do metaverso e o óculos de realidade virtual acoplado em frente aos seus olhos, se tornar piloto seria questão de poucas horas de instruções.

Para efeito de comparação, para se tornar um piloto profissional deste tipo de aeronave, hoje em dia, implicaria em fazer um investimento de mais de 2 anos de treinamento e um custo superior a 300 mil reais, entre pagamento de aulas, custos de hora de voo e muitos exames de saúde e psicológicos.

Metaverso e um espaco virtual que ocupara boa de vida das pessoas

Metaverso: Reforço de aprendizado profundo

Se o estudante hoje enfrenta questões relacionadas ao tédio e a aulas explanativas feito por professores humanos, no metaverso é justamente o oposto, a educação continuada por meio de um dispositivo de imagem, nos ensinarão tudo o que precisa ser ensinado, durante a execução das atividades.

Seus óculos de realidade virtual entenderão o que você está propondo executar, seja um texto como este, ou uma equação matemática, e lhe ajudará a resolver as questões de forma visual e agradável. Com o Metaverso, todos seremos super gênios prodigiosos, pois todas as informações serão acessíveis para todos que possuem o equipamento.

A principal ação do metaverso é esta questão de aceleração do aprendizado, pelo reforço profundo, você não conseguirá resistir a instruções exibidas nos seus olhos, pois para a cultura do futuro, não existirá sistema mais preciso de informações disponíveis. 

Citando um exemplo prático, se for para formar um novo motorista de caminhão, assunto que hoje exige treinamento para mais de 18 meses e pesados investimentos financeiros, serviços como o de transportes de veículos, se beneficiarão do metaverso grandemente, reduzindo o tempo de treinamento de novos motoristas, a questão de horas. 

Com o uso de um dispositivo de reforço profundo, como este proposto pelo metaverso, qualquer um poderá operar veículos pesados, sem muito esforço ou investimento.

Este reforço de aprendizado profundo e integrado com a vida das pessoas, reduzirá os custos de treinamento em todas as áreas, reduzindo também eventuais erros, já que os óculos de realidade virtual serão seus auxiliares e também seus juízes.

Se hoje um eventual erro praticado passa despercebido pelos chefes ou pelo cliente, no futuro este erro será detectado imediatamente pelo seu óculos de realidade virtual, exigindo de seu usuário uma obediência inquestionável. Citando mais um exemplo, nas empresas que transportam mudanças em Águas Claras, onde se exige total confiança dos trabalhadores, eventuais trabalhadores que operem sistemas de embalagens na casa das pessoas, poderá detectar casos de furtos automaticamente.

A tecnologia do metaverso sera digital mas controlada

Metaverso: Seu juiz, seu júri, sua prisão

Nos sistemas digitais atuais, que todas as pessoas utilizam diariamente, causam um certo desconforto, seja pelo prazer gerado em receber as notícias e informações mais alinhadas com o seu entendimento da vida, ou seja pela dependência econômica. A conexão com a internet passou de um assunto de jovens desocupados, para questões de sobrevivência para muitas empresas.

Desconectar-se das redes significa falência para as empresas e morte para as pessoas. A dependência tecnológica é tão grande que não são admitidas quaisquer paralisações nos serviços de conectividade e/ou aplicativos de comunicação.

Neste futuro sistema denominado Metaverso, a questão será em um outro nível, onde a dependência será total, onde operar os sistemas exigirá que todos, sem exceções, estejam plugados com seus dispositivos de imagem, para poderem operar qualquer coisa, desde uma geladeira ou até embarcar em um foguete rumo a lua, em uma sessão de turismo espacial.

Neste mundo futuro, proposto pelo metaverso, a humanidade será intensamente beneficiada, a produtividade individual crescerá centenas de vezes, em troca a tecnologia cobrará de todos nós obediência inquestionável, guiará todos os nossos passos, sem descanso em tempo integral.

A tecnologia do metaverso será digital, mas controlada por muito poucas pessoas pelo mundo, aquelas que você não votou, aquelas que não falam a sua língua e aquelas que não moram no seu país, mas decidirão tudo e em como o que você viverá a sua vida. O risco do metaverso é transformar todos em escravos voluntários, o que não é de todo tão ruim, pois muitos desejam controle e servidão, como sempre na história da humanidade.

Escrito por:  Ronaldo Luis Gonçalves

Pai, Marido, Escritor, Engenheiro de Software, Empreendedor Digital atuando no mercado de marketing, é também redator de diversos sites na internet.

Post a Comment

Olá, amigo leitor! Digite a sua mensagem

Postagem Anterior Próxima Postagem